Sobre Relacionamentos.




As pessoas são confusas e tem lá suas feridas e isso precisa ser entendido. Essa ideia de gente super bem resolvida, feliz e pronta para enfrentar tudo em nome do amor é uma falácia dos tempos modernos. Todos nós temos medos, medos e marcas, herdeiros dos complexos dos nossos pais, donos dos nossos. E com isso, e apesar disso, todos os dias buscamos a melhor forma de seguir em frente, às vezes meio aos trancos e barrancos, outras vezes meio às cegas, mas tentamos do melhor jeito que sabemos.  

As pessoas são complexas e por isso os relacionamentos não são fáceis. Na verdade 'relacionar-se' é uma das tarefas mais difíceis que enfrentamos. Um emaranhado de desejos, expectativas, carências, anseios e frustrações. Pegue tudo isso e misture com amor, com o amor e todas as suas contradições, e perceba então que enorme tarefa essa, a de se relacionar.

Para quem me lê agora e acha que exagero, que relacionar-se é algo simples, bom, espere mais alguns anos e alguns relacionamentos longos e então volte e me diga. Claro que com o tempo e a experiência, quando assumimos a responsabilidade da nossa história e realmente buscamos nos conhecer as coisas podem ficar mais fáceis, ou não.

Eu sei que amar demais deveria bastar para uma história de amor dar certo, mas não basta, infelizmente. Aceitar a complexidade do que significa 'relacionar-se' talvez seja a única chance de construirmos um relacionamento de amor honesto, real e verdadeiro.   

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Árvores Floridas

Ser.

É a vida!