Gosto dos motivos por que gosto de ti.



Gosto do brilho dos teus olhos, dos teus tormentos, dos teus demônios, da profundeza da tua alma, dos teus mergulhos e teus delírios. Do teu jeito de encontrar tesouros na escuridão.

Gosto das tuas ideias, teus pensamentos, da tua contradição. Gosto dos teus equívocos, dos teus espantos e do teu desejo de ir além.

Gosto dos teus temperos, teus desatinos, da tua ira, tua loucura, dos teus escudos, tuas esquivas. Da sensibilidade que é tua cura, que te envenena, que te mata e fortalece, que te faz ser mais.

Gosto do teu gosto, do teu gozo, do teu sexo, dos teus cheiros, da tua pele em carne viva que sangra, que grita e vibra.

Gosto da tua língua, teu idioma, da força das tuas verdades, dos teus enredos, tuas mentiras, tua maldade. Gosto dos teus sentidos, dos teus opostos, das tuas lutas, tua coragem, teu santo forte, tua lealdade, do jeito fiel de seguir teu coração.

Gosto dos motivos por que gosto de ti. 


Andréa Beheregaray    



Comentários

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Árvores Floridas

É a vida!

Ser.