Afetos


Comentários

  1. Beijoão carinho sempre

    por Herberto Helder



    Dai-me uma jovem mulher com sua harpa de sombra

    e seu arbusto de sangue. Com ela

    encantarei a noite.

    Dai-me uma folha viva de erva, uma mulher.

    Seus ombros beijarei, a pedra pequena

    do sorriso de um momento.

    Mulher quase incriada, mas com a gravidade

    de dois seios, com o peso lúbrico e triste

    da boca. Seus ombros beijarei.

    (...)

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

É a vida!

Ser.

Árvores Floridas