DISCUTINDO A RELAÇÃO in Vídeo!

Loading...

sexta-feira, 14 de setembro de 2012

Saudades mortas











Te coloquei num lugar escuro e frio
dentro de minhas memórias
e você pulsa

(silêncio)

Em dias cinzas e frios como hoje
tua imagem se acende
súbita

(silêncio)

Luz focada no teu rosto em meio a noite densa
das minhas recodarções
inúteis

(silêncio)

O choque de te ver assim tão de repente
espatifam mil cacos no ar cortando você
dentro de mim.


(vazio)

e o nada.




Andréa Beheregaray

 

5 comentários:

  1. Que triste...
    Que real...
    Que impossível de ser controlado, quando as lembranças e os sentimentos que nos possuem são maiores e mais intensos que o nosso desejo de esquecer.

    ResponderExcluir
  2. No dia em que a saudade for morta de todo, o corpo e a alma vão sorrir felizes, diria até, aliviados. E outras pessoas vão sorrir também de alívio, de satisfação e até de esperança em rever dias coloridos ao redor...
    Graças á Deus que a saudade não é imortal. (?).
    Graças á Deus que janelas com florzinhas coloridas na jardineira se abrem quando portas pretas se fecham. "Vai com Deus" !! :-)


    "Nerudiando...."
    "Saudade é amar um passado que ainda não passou,
    é recusar um presente que nos machuca,
    é não ver o futuro que nos convida...

    Saudade é sentir que existe o que não existe mais...
    Saudade é o inferno dos que perderam,
    é a dor dos que ficaram para trás,
    é o gosto de morte na boca dos que continuam...

    Só uma pessoa no mundo deseja sentir saudade:
    aquela que nunca amou."

    Abraço de urso, beeeeem apertado. :)

    Cami

    ResponderExcluir