Desejo de visão.




"Agora todos as vozes me inquietam e mesmo sozinha falo em voz alta, para preencher esse nevoeiro de gesso em que habito. Não sei ser cega, não nasci cega, não posso esquecer o que perdi - tenho desejo de visão, um desejo físico, concreto, feito de suores e ansiedade, um desejo sexual maculado e absoluto"

A eternidade e o desejo.

Comentários

  1. você tem fome de quê?
    comida é agua bebida é pasto...

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

É a vida!

Ser.

Amores mortos