No coração.




Nós associamos o amor ao coração. Não é uma coincidência que angustia e a saudade doam no mesmo lugar. Esse sufoco, esse vazio no peito, o coração apertado...Vivem esses afetos todos juntos, misturados e pulsam indissociáveis.


Andréa Beheregaray

Comentários

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

É a vida!

Ser.

Amores mortos