Diários Revelados





Uma ilha, vento frio que circula ameaçador como um alerta. Recuo, me fecho, eu e essa antiga solidão. Conflitos ao mar, amor? Faço sombra, abrigo, proteção para aquilo que importa, sou sólida sou rocha. Ninguém passa desta linha, estendo a mão, impeço, com lágrimas nos olhos, impeço.
Continuarei em busca. Enquanto houver vida serei luta, serei chama, serei amor.
Enquanto houver vida não desistirei de mim mesma.    


Comentários

  1. Adoro teus escritos.Parabéns!

    ResponderExcluir
  2. Toda vida que leio coisas como "sou sólida, sou rocha", me lembro da frase: "quanto mais dura a casca, mais macia a carne". Engraçado como a mente da gente funciona.

    ResponderExcluir
  3. Vida sempre desistir jamais...

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Árvores Floridas

Ser.

Amores mortos