Eu tenho provas.



Eu tenho provas
de que eu não sou louca
Que o escuro mostra  
E a primavera tem cheiro de cor.

Eu tenho provas
de que os mortos vivem
Que os sábios mentem
que os crentes também podem matar   

Eu tenho provas
de que a verdade é nada
que voa pelos ares
feita de mil pedaços

Eu tenho provas
De que a visão é miope
Inês é morta
Que a felicidade não vai bater a sua porta

Eu tenho provas
que o medo 
é veneno de cobra
que paralisa até a morte chegar

Eu tenho provas
que o desejo existe
que o amor aquece 
e é a única possibilidade de salvação

Eu tenho tenho provas de que não sou louca. 
Chegue mais perto
Eu posso provar.





Andréa Beheregaray

Comentários

  1. quase posso sentir uma guitarra e uma bateria

    poema rockn roll

    ResponderExcluir
  2. Kiloca hehehe quem nao vê é...

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Árvores Floridas

Ser.

É a vida!