Saudades.





"Descobri que a saudade, quando atinge a carne, não é simples nostalgia, mas sim uma dor; da raiz dos cabelos até à planta dos pés, ela tece sobre a minha pele uma túnica envenenada."















Simone Beauvoir, in A força da idade, 1960

Comentários

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

É a vida!

Ser.

Amores mortos