domingo, 18 de setembro de 2011

Comer, rezar e amar. Mais amar do que comer e rezar.




“... talvez eu esteja apenas gostando muito desta fase surreal da minha vida, porque estou me apaixonando, e isso faz o mundo parecer delicioso, por mais insana que seja a sua realidade.”





Do livro.
Comer, rezar e amar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário