Boicote afetivo e receita do bom amor.






Muitas vezes esperamos daqueles que amamos mais do que eles tem pra dar. Afeto é especiaria que não se cobra, não se pede, não se exige, se não deixa de ser afeto e vira obrigação que é coisa muito diferente.

A impossibilidade afetiva não é uma escolha, mas antes uma condição. Admiro, no entanto, aquele que tem a coragem, honestidade e consideração de assumir essa impossibilidade. 

Isso nos tira do lugar da espera, sempre tão passiva, do lugar de aguardar aquilo que não vem. Que, apesar de dolorido, nos ajuda a entender que o outro não tem para dar agora, ou talvez nunca tenha.

Ficar ou não nesse lugar, passa a ser responsabilidade daquele que, conhecendo a verdade, escolhe o que fazer com ela. 

Exigir afeto de quem não tem, e assumi isso, é uma cilada afetiva. Puro boicote. Exigir de quem não tem é tão injusto quanto prometer aquilo que não se pode cumprir.

O primeiro, aquele que exige de quem não tem,  gosta do papel de vítima e de não assumir a responsabilidade por suas escolhas. O segundo, que promete o que não pode cumprir, geralmente tem uma autoestima baixa e tem medo de , assumindo seu não-afeto, perder o amor de quem exige.  Mas em uma coisa são parecidos, parecem gostar pouco de si mesmos.

A melhor receita no amor é jogo limpo!   





Andréa Beheregaray

Comentários

  1. Fato!
    Melhor sair, curtir toda dor...um dia passa, sempre passa e que venham outras dores!!

    ResponderExcluir
  2. Certamente! A culinária da vida... Muito bom aprender contigo profe Déia ;) Beijão

    ResponderExcluir
  3. A expectativa sempre se sai mal né??.bj querida amo aqui...sempre..bj

    ResponderExcluir
  4. Gosto da maneira simples e sincera que tu trata alguns temas "intensos". Não sei se tu já sssistiu ao filme ‘Caramelo‘, mas aí vai a dica. Um filme para um público específico. Que tenha a sensibilidade de ouvir histórias comuns. De mulheres de classe média. Com medos, anseios, expectativas, frustrações, sonhos… Mulheres que vão levando a vida. Que vão sobrevivendo. Um dia após o outro.

    ResponderExcluir
  5. Minha loira, chego dia 13 de setembro, me agende!!!!

    ResponderExcluir
  6. Obrigada pela dica anônimo, anotado!

    Um dia após o outro, não é um mal negócio em algumas situações, em outras não, vira um eterno "arrastar-se".

    Minha querida, agendadíssimo!!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Árvores Floridas

Ser.

É a vida!