DICAS BASCAS




Degustando no momento o livro "Variações sobre o prazer - Santo Agostinho, Nietzsche, Marx e Babette" de Rubem Alves. Presente do meu querido primo Rubens Beheregaray dono do blog http://delirioscausticos.blogspot.com/. Ganhei e não larguei mais é delicioso!! Gosto muito do Rubem Alves, tem uma escrita fluída e intima. Alguns escritores dão a impressão, através dos seus textos, que estão falando sozinhos, falando alto, divagando,  já Rubem Alves fala com o leitoro, para o leitor. Trata temas complexos de forma simples - como ele mesmo escreve no livro é a ruptura com a linguagem dos saberes.    

Agora outra dica vindo direto do país Basco. Para quem não sabe "Beheregaray" é de origem basca. O País Basco é uma região entre o norte da Espanha e o sul da França, especificamente os Alpes franceses. Eu tenho maior orgulho de ter sangue basco - diz a lenda que é um sangue quente. Os bascos possuem uma cultura peculiar e uma língua própria o euskara que até hoje não conseguiram identificar a origem e é considerada uma das línguas mais antigas da Europa. Os Beheregaray pertecem a parte francesa do país, aos alpes. Breve dedico um post sobre o assunto.

Então, recentemente, através do facebook conheci uma pousada no país basco. Os donos, amigos de minha amiga e professora de francês - Mariana Schorn-  me adicionaram e mandaram o site da pousada. Fiquei apaixonada! 




Pousada Aire Berria, a casa é linda ( amo casas antigas), do século XIX, de 1880. Entrem no site e desfrutem. Quem gosta de viajar e ficar em locais diferentes a pousada é a dica. Casas assim são muito mais que local de pouso, são aulas de história, sou fascinada por isso. O bacana é que os donos falam português, Cristina é brasileira e Xabier, basco. Na minha próxima viagem vou dar um jeito de incluir a pousada no meu roteiro, olhem a foto, o que é essa casa?? Linda!

São essas as dicas bascas de hoje! 


Comentários

  1. Lembrei de voce: http://cafesfilosoficos.wordpress.com/2010/03/17/freud-alem-da-alma-freud-1962-um-filme-de-john-huston/
    Um beijo do observador

    ResponderExcluir
  2. acabaste de me deixar com mais água na boca... AMO Rubem Alves!! Quando chegar no Brasil, vou me atirar numa livraria e comprar alguns livros!!
    E quanto ao país basco, conheço uma família de lá que é maravilhosa!! O pai é um dos músicos do circo :) beijooo!!

    ResponderExcluir
  3. Adoro Rubem Alves, vou comprar e ler!
    Passando para lhe desejar um bom final de semana querida!
    Beijos meus

    ResponderExcluir
  4. Ele, Rubem Alves, é simplesmente excelente!
    Uma dica (caso ainda não tenha visto?): a recente entrevista de Rubem Alves, no programa 'Provocações', do Antônio Abujamra, na TV Cultura. Disponível em < http://www.tvcultura.com.br/provocacoes/programas/1562 > e/ou < http://youtu.be/sBnNbul1sok >.
    Ah, quanto à origem basca e tudo mais que a envolve..., ficarei aguardando o prometido post sobre o assunto.
    É isso, valeu!
    Gilnei

    ResponderExcluir
  5. Gilnei, pode deixar só estou providenciando a digitalização da foto do primeiro Beheregaray que chegou por estas bandas e logo escrevo sobre.

    Obrigada pela dica, verei a entrevista assim como a dica do querido e atento observador. Álias, preciso confirmar mas é quase certo que vi este filme.

    Leiam gurias, livros assim matam a fome - da alma.

    Beijos!!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

É a vida!

Ser.

Árvores Floridas