terça-feira, 7 de dezembro de 2010

Quando te vejo.


Não consigo pensar em outra palavra

Amo

quando te escuto

quando te vejo

enquanto danças

e sorri.


Amo

Tua imagem invade meus dias

tua voz

preenche espaços vazios


Não consigo pensar em nada

além

do quanto te amo.


Amo.Amo.Amo.

Amo.Amo.Amo.

Amo.Amo.Amo.

Amo.Amo.Amo.
Você.

2 comentários:

  1. Mesmo quando não o vejo, amo do mesmo jeito!


    Beijos, Andréa!

    ResponderExcluir
  2. "Love is in the air!"
    Delícia!
    Beijos, amada!

    ResponderExcluir