Muito.


Para falar a verdade, nunca estive tão bem.

Por quê?

Não quero saber por quê.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

É a vida!

Ser.

Amores mortos