quinta-feira, 30 de dezembro de 2010


"Fui vivendo minha vida de maneira tão solitária, conquistando minhas coisas tão no braço, tão sempre sem nada, que aprendi a ter uma enorme admiração por mim mesmo."



Caio F. Abreu in “Cartas”

Um comentário:

  1. "Fui vivendo minha vida de maneira tão solitária, conquistando minhas coisas tão no braço, tão sempre sem nada, que aprendi a ter uma enorme admiração por mim mesmo."[2]


    Ando me fechando a cada dia.


    Um lindo ano pra ti, que seja carregado de coisas lindas, muitos afetos e muitos Amores desmedidos.

    Beijos meus

    ResponderExcluir