Coisas da vida.


Mas não vou ceder. Foi a última paixão. Paixão é o que dá sentido à vida. E foi a última.
Tenho certeza absoluta disso.
Agora me tornarei uma pessoa daquelas que se cuidam para não se envolver. Já tenho um passado, tenho tanta história. Meu coração está ardido de meias-solas.
Sei um pouco das coisas? Acho que sim. Tive tanta taquicardia hoje.
Estou por aí, agora. Penso nele, sim, penso nele. Mas não vou ceder.
Certo, certo: ninguém tem obrigação de satisfazer ao teu desejo, pela simples razão de que você supõe que teu desejo seja absoluto.
Foda-se seu desejo, ora. Me dói não ter podido mostrar minha face.
Me dói ter passado tanto tempo atento a ele — quando ele nunca ficou atento a mim.
E eu passei tanta coisa dura.
Rita Lee canta “são coisas da vida…”

Comentários

  1. É isso mesmo amiga..."FODA-SE ELE...E PONTO FINAL..."e bola prá frente pq.atrás vem gente...bóra ser "FELIZ...!!"beijos queridaaa!!

    ResponderExcluir
  2. AGORA eu quero marcar alguma coisa. Meio dia, Ocidente, cafe, depois, tanto faz.

    Assuntos NOVOS.

    ;)

    ResponderExcluir
  3. Que pecado!! Não puder ir, tive um contratempo que me impediu que estar presente. Tenho certeza que deve ter sido um dia mágico.
    Caio estava com vocês lá.

    Beijos flor : )

    ps: que bom que gostou do selinhos.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Árvores Floridas

Ser.

É a vida!