O amor que merecemos.




Prepare- se: vou falar coisas duras. Na minha sincera, desinteressada e afetuosa opinião de quem quer te ver feliz: tua relação com o Ernesto não existe da maneira como você pensa. Eu me atrevo a achar. Luciano, desguia, entra noutra, arruma um namorado novo, gatinho sem problemas, que dê cama & carinho. E simples e gostoso. Por que não? Não se puna. Não finja que-os-problemas-foram-superados-e-tudo-está-num-ótimo-astral. Chama uma Ro-Ro, vira a mesa de vez e parte pra outra. Você, como qualquer ser humano, precisa de amor — e como ser humano legal e especialíssimo, merece amor de uma pessoa bonita.


Caio F. Abreu in “Cartas”

Comentários

  1. Ah!!!Cainho sabia td.de nós mulheres...é verdade o que mais precisamos e merecemos em um amor..."É SERMOS AMADAS E RESPEITADAS...!!!"ameii...!!um fds.cheio de amor...!!!beijos queridaaa!!!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Árvores Floridas

Ser.

Amores mortos