Amadurecer.

Gosto muito da forma que Frida traduz, nesta frase, a idéia de maturidade súbita.
Algo que acaba, assim de repente, com nossa inocência primeira.





''Algum tempo atrás, talvez uns dias, eu era uma moça caminhando por um mundo de cores, com formas claras e tangíveis. Tudo era misterioso e havia algo oculto; adivinhar-lhe a natureza era um jogo para mim. Se você soubesse como é terrível obter o conhecimento de repente - como um relâmpago iluminado a Terra! Agora, vivo num planeta dolorido, transparente como gelo. É como se houvesse aprendido tudo de uma vez, numa questão de segundos. Minhas amigas e colegas tornaram-se mulheres lentamente. Eu envelheci em instantes e agora tudo está embotado e plano. Sei que não há nada escondido; se houvesse, eu veria."


Frida Kahlo

Comentários

  1. Mulher avant-gard. Sou fã dela!
    Frase perfeita!
    Beijos, querida!

    ResponderExcluir
  2. É a perda das ilusões, das cores...
    Me senti assim em relação aos meus projetos da faculdade, de monografia, depois de extensão, eu tinha um ideal, e bati o pé pra defendê-lo!Acreditava na dita "ressocialização" ( essa ingenuidade queria de volta, rsrs)!E meu orientador na época dizia: "Vamos mudar essa palavra", E numa banca, uma certa vez, ele me perguntou: "Fernanda, tu acredita mesmo que estes adolescentes possam se recuperar?!" E eu disse: Sim, ACREDITO!

    Mas depois conhecendo a realidade, infelizmente não creio mais, não pelos adolescentes, mas pelo sistema TODO! Enfim, a gente vai perdendo as cores, e tudo fica preto e branco, sem vida, é o tal mundo real.

    Beijoss

    ResponderExcluir
  3. Aqui dentro, a criança ainda brinca arrastando os móveis, mudando - os de lugar. Pro outro, eu sempre vou estar mais velha, mais triste, mais impaciente, mais do outro. O invisível é o que há de mais bonito, verdadeiro e eterno. E esse, o outro não vê, só deduz. E deduz errado. "Dolorido e transparente", o contrário disso, talvez seja o que chamamos de sonho - o que precisamos viver, inventar todos os dias, em todos os momentos se não quisermos envelhecer bem mais por dentro.


    Beijos, Andréa!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

É a vida!

Ser.

Árvores Floridas