O Rei está nú.


Sabe, ter tido você um dia e te perdido, ou nunca mesmo ter te tido, tanto faz, me deixa assim, livre para ser o que sou, sem me preocupar e nem mesmo me desculpar. É verdade que, as vezes, te peço desculpas, mas minhas desculpas são todas de mentira. Por que não sinto culpa em relação a você e sei que você também não sente culpa em relação a mim. O que sentimos é de outra ordem e está perdido. E, pra coisa perdida, nada mais importa. Sem cena, sem drama, sem nada.

E o que eu quero te dizer, sem realmente me importar o que você pensa sobre isso, é que quando te vejo penso um monte de sacanagem. É bem assim mesmo. Você lá sorrindo, fazendo uma social e eu não consigo enxergar uma única peça de roupa em você. Por algum tempo cheguei a me questionar se você andava pelado ou eu que andava louca. Inevitável. E mesmo que fosse, eu não evitaria.


É meu Rei nem todo mundo acredita no seus trajes.


Comentários

  1. Andréa,

    adoro seus textos! Normalmente venho muito aqui, dou uma lida e saio... Meu hábito de fazer comentários em postagens ainda está sendo trabalhado! (:

    Ah, por acaso, encontrei seu blog no blog da casa warat goiás... Estudo direito aqui e já li algumas postagens suas no blog do Warat, também! (:


    Beijos, até!

    ResponderExcluir
  2. Andréa, sua sensibilidade é fascinante, encantadora...

    ResponderExcluir
  3. É difícil quando não temos quem queremos.

    Perceber que ele só se interessa por uma metade,então... entendo o teu apelo.

    Vou editar um Blog e passo o link. Podemos trocar idéias. Eu sei como é ser deixada pra trás. A gente se sente um nada, não é mesmo?

    Também apelava, mas percebi que só permitia que ele me usasse. E ele usava, claro. Mas eu não sobrevivi de migalhas.

    Eu não queria ser a amante, queria ser a amada, como ela.

    Um beijo adorei aqui.

    Patrícia, do Blog "Paty, quando fui dele" (em construção).

    ResponderExcluir
  4. Jordana querida, lá e cá, então.
    Que bom que vc se manifestou :) gostei dos teus escritos!

    É isso ai Patrícia, não te contenta com migalhas, nem alguém que queira só metade quando há mais para ser vivido, a não ser que vc queira, claro. Pq temos dias de ser usadas e temos dias de usar!
    Quanto a mim, fique tranquila, não acho que ninguém seja deixada, por que como diz o Caio F " Natural é as pessoas se encontrarem e se perderem. -Natural é encontrar. Natural é perder." Faça o blog.

    Obrigada Marcell!!

    E Taki, beijo pra vc tb!

    ResponderExcluir
  5. Engraçado, eu costumo ter essa visao além do alcançe em relação a algumas rainhas.

    ResponderExcluir
  6. hahaha eu tenho por hábito imaginar todo mundo pelado!
    Bueno, mtas vezes não é sorte Andréa! :)
    Preciso de um telefone ou posso enviar sinal de fumaça?
    Vamos na próxima semana e POA será outra!!!
    bjos

    ResponderExcluir
  7. Adorei o post! Não raras vezes encontro com pessoas assim, peladas!
    Acho até que vou mandar este texto para alguém...
    risos...
    Boa semana

    ResponderExcluir
  8. Haha, muito bom. Gostei. Bem, se não evitarias mesmo que possível... é porque é bom. Então, continue com essa visão raio-x que Deus te deu. Rsrsrsrs...
    Beeejo,beejo, seguindo-te, boa semana. :)

    ResponderExcluir
  9. muito bom! é bem isso mesmo que acontece..

    "O que sentimos é de outra ordem e está perdido. E, pra coisa perdida, nada mais importa. Sem cena, sem drama, sem nada."

    grande beijo

    ResponderExcluir
  10. Guria, mas a visão raio-x também pode ser uma bela maldição!

    Hahhaha. Só tenho esse olhar para Reis, e algumas Rainhas também!

    Amém!

    Érica, Érica...o poder não se mantém diante da nudez, fato.

    Giordana, rsrsrs...pode ser um susto não? Pelados por ai.

    Beijos queridas.

    ResponderExcluir
  11. hahahaha

    Putzzzzz, não ando tendo a sorte da Giordana! Ou eu que ando imaginando pouco!rsrsrs

    Dio santooo...

    Beijoss

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

É a vida!

Ser.

Árvores Floridas