Para os amores que não vingaram?


Lendo o blog da Lia http://diariosdeumadesconhecida.blogspot.com/, e sou invadida pela angustia dos amores que acabam...fui lá nos meus arquivos de finais infelizes. Arquivos de amores que não vingaram. Como, por fatalidade não amei muitos, coleciono poucos finais. O que eu considero uma terrível maldição, a maldição dos poucos amores. Por outro lado, por serem raros, bebi deles até o último gole, poucos, mas intensos.

Chorar por amor mesmo só chorei por dois, acredita? Nem eu, mas é verdade. E gosto de chorar no chuveiro, sei lá, chorar em chuveiro é terapêutico. Eu acho. A gente lá, como veio ao mundo, água quentinha, você senta e chora, chora, chora. Eu sei, é bem útero a coisa, mas se eu posso eu escolho chorar na banho, e melhor que seja antes de dormir. Por que quando o amor acaba a gente chora pra caramba e fica com cara de louca, então o negócio é ir direto para cama, tchun, vai, apaga e no outro dia as coisas começam a melhorar.

E eu como choro pouco, aproveito essas oportunidades pra desencalhar choro antigo. É que tenho um grave problema, na verdade tenho muitos, mas esse é um deles. É que ainda estou aprendendo a ser triste, a ficar deprimida. Eu, assim como Gisele, fazemos isso com a tristeza, antes da lágrima vem o ataque. Primeiro a gente revida, depois, talvez, quem sabe assumimos a dor. Entende, se você me magoar primeiro eu vou atacar você, não sei de onde vem isso, sempre tive o comportamento "bélico". Quando li o título da Lia "Dos amores que não vingaram" a primeira coisa que pensei foi: para os amores que não vingaram, vingança!! Ai, começo a dialogar com o Caio F. (sim eu converso bastante com ele), e ele sempre me diz "Andréa, a melhor vingança é ser feliz".

Eu sei Caio, eu sei. Aprendi muito nesses últimos tempos. Hoje já sei guardar no meu coração com carinho os amores que não me quiseram, apesar de não entender.

Por que afinal não me quiseram???

Vontade de amarrar o sujeito numa cadeira e obrigar o bandido a me explicar!

Por que você não me quis heim?

Ok, ok, calma, melhor nem mexer nisso, que quando começo a pensar muito já me ataco e penso, bando de filho da p., mas dai vem você e me lembra que tudo passa, "vai passar, tu sabes que vai passar. Talvez não amanhã, mas dentro de uma semana, um mês ou dois, quem sabe?" Mas uma hora passa. Que se você foi justo e o outro também e a coisa desencantou, não deu, C `est la vie, faz parte as pessoas se encontrarem e se perderem. O que não tem perdão é o cara ter mentido, feito promessas, intencionalmente te enrolado, bom ai, gente assim, merece ser atropelado pela aquela jamanta do teu conto, lembra Caio? Aquela que você disse que aparecia na esquina. Se não atropelado pelo menos o carro deveria ser arranhado! Por que, quer magoar um homem? Estraga o carro dele. Eu estragaria, certo.

Tá sou péssima para viver dor de amor, não gosto mesmo. Gosto das dores das histórias de amor, de quando elas estão rolando, mas de fim? Berghs! Acho horrível. Aquela coisa de nunca mais é arrasadora. E você novamente traduziu bem isso Caio? Você que tem esse incrível poder de dar forma ao indizível. " O NUNCA mais de não ter quem se ama torna-se tão irremediável quanto não ter NUNCA mais de se ter quem morreu. E dói mais fundo - porque se poderia ter, já que está vivo(a), mas não se tem, nem se terá, quando o fim do amor é: NEVER."

E never dói, dói, dói. Acho que nunca vou ser "madura" para enfrentar o fim de um amor. É como rasgar o peito com as mãos e arrancar seu próprio coração. E o pior é que isso não resolve, por que mesmo fora o coração continua lá batendo pelo outro. Fim de amor só o tempo resolve ou então como diz o Caio, quando tudo parece sem saída, ainda se pode cantar ou escrever.Por essa razão escrevo. É isso, transformar os amores que não vingaram em letra, inspiração. Mas se nada disso amenizar, nem banho, nem Caio, nem letra, arranhe o carro dele, não resolve mas alivia. Muito, hehehe( risadinhas diabólicas)

Comentários

  1. Me vi em você... Vivo a transformar os amores que não vingaram em letra, em inspiração...

    Blog lindo o teu!

    ResponderExcluir
  2. Hahahaha! Essa de arranhar o carro é bem familiar..!! Muito bommm Déia! beijos!!!!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

É a vida!

Ser.

Árvores Floridas