Sutileza.


Eu gosto muito dessa delicadeza no trato, essa coisa tipo cristal que as pessoas parecem estar perdendo.

Não aquela educação ensaiada, ou o beijo na tia, obrigado pelo olhar descontente da mãe.

Gosto mesmo dessa sutileza amorosa que cheira a cuidado. Que se você não vem, avisa, se você vem primeiro, deixa passar, abre a porta, puxa a cadeira, e então sorri.

Por que sorrir de verdade, leve, suave é de uma delicadeza infinita. Aquela coisinha algodão que está lá, bem simples, bacana e que toca com todo cuidado.

Penso mesmo que a delicadeza no trato, a educação miudinha é coisa de gente que tem tristeza na alma, mas não perdeu, por isso, a paixão pela vida.

Aquele que viu, aquele que sabe que viver é delicado, viver exige um cuidado e olha para o outro sabendo disso. Por que essa tristeza do triste, de quem já sentiu muita coisa, e tem no peito um buraco olha o buraco do outro, e trata com educação. Melhor mesmo seria, dizer que o triste trata a si mesmo e ao outro com delicadeza e emoção. Que educa-ação é palavra apertada, colada na obriga-ação e o triste já sabe, já viu que emoção não exige esforço, ela brota no peito e deságua no outro.

O triste que tem a pele sensível, tocado por tudo que é ível - do invisível, indizível,incrível e chá quente, que não é ível, mas é bom, o triste então é sensível a tudo que no mundo está. Por isso essa delicadeza. E até quando estabanado o triste é de uma atrapalhação estranha, não bruta, desengonçada. O triste atrapalhado dá vontade de abraçar. É como um triste feio, daqueles tipo bichinho da maçã, você olha pra ele,e de tão feio, sorri. O triste feio é de um encanto só.

Então meu amigo, toca a vida com cuidado, que grosseria é coisa de triste revoltado que, por ser machucado, sai por ai maltratando. Um Quíron torto, ao contrário. Então meu amigo deixa tua estupidez no armário que viver exige coragem e muita delicadeza.

E isso tudo só pra dizer que eu gosto muito de delicadeza no trato, isso diz do quanto de amor você traz no peito, pela vida, pelo outro, por você.

Comentários

  1. Déia que coisa mais linda, doce!
    Tá servida de um bolinho e um chazinho? Assim, pra gente ficar docemente observando o mundo e suas delicadezas :)
    vou postar no meu blog...
    bjo enorme e doce pra ti

    ResponderExcluir
  2. Aii que lindo.
    De fato a cada dia as pessoas estão perdendo essa delicadeza no trato. E essa delicadeza é simples, pois está nos minimos detalhes. É um preocupar-se com o outro, um cuidado. As pessoas estão tão preocupadas com elas mesmas que esquecem, ou não sabem ter mesmo, essa delicadeza no trato.

    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Violência gera violência.

    Bela reflexão Déa,
    quem lê esse texto vai pensar duas vezes antes de fazer grosseria com alguém.

    Grosseria se trata com delicadeza!!

    SHOW, SHOW, SHOW!!

    ;)

    ResponderExcluir
  4. Catei tanta delicadeza e postei no meu blog!

    Liiiiiiiiiiiiiindo!

    ResponderExcluir
  5. "Viver exige coragem e mta delicadeza." Escrever assim também... Lindo! :**

    ResponderExcluir
  6. Roubei, roubei, roubei...
    Postei no meu blog porque é lindo demais o que escreveste!!!
    Delicado, sutil e incrivelmente lindo...
    Beijos...

    ResponderExcluir
  7. Lindo mesmo, de marear os olhos.....obrigada por expressar tão bem em palavras coisas que eu só sei sentir!

    ResponderExcluir
  8. Lindo mesmo....de marear os olhos!
    Obrigada por expressar em palavras o que eu só sei sentir!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Árvores Floridas

Ser.

É a vida!