Espero mesmo encontrar um homem assim, forte, mais homem que eu, quem sabe.

Se não, prefiro me relacionar com macacos. O macaco, aquele que tem mentalidade de uma criança de 6 anos, parece bacana pra caramba. Sincero, engraçado, leal e primitivo. Gosto muito de macacos, e de pessoas fortes. Gosto mesmo.

Enquanto isso vou ficando aqui. Eu e meu macaquinho imaginário, tenho força suficiente pra nós dois, em troca, você me coça.

Comentários

  1. To te achando tensa Deia..q q aconteceu?
    Beijo fraco

    ResponderExcluir
  2. Hahaha!

    ADORO as tuas macacadas, Déa :)

    Já tinha notado que adoras macaquinhos em outro post!

    BEIJOCA :)

    ResponderExcluir
  3. Realmente, estás bem leve ^^

    Um pit bull também faz bem (sou suspeita porque tive um canino desses que me fazia companhia no café da manhã, nas corridas, nos sorrisos e nas lágrimas).

    De macacos, tenho certa ressalva: já me basta lidar com o ser humano, meio racional meio irracional. Pensar em ampliar essa lida para a nação de macacos me cansa =P

    :D~

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Árvores Floridas

Ser.

Amores mortos