Amar é reconhecer a falta.

Reconhecer a falta é assumir a necessidade.

Amar requer coragem exatamente por isso, pela coragem de se reconhecer frágil.

A força consiste na coragem da fragilidade, no movimento de entrega, na necessidade do outro.

Tudo isso implica o risco de sofrer. O risco da perda do objeto amado.

Forte é aquele que para amar assumi o risco de sofrer.

Mais forte ainda é aquele que sofrendo deseja amar outra vez, e mais outra, e mais outra.

Amar muito, intensamente, e se tudo desacontecer sofrer muito, intensamente.

É preciso coragem, muita coragem é o que é preciso.

Amar é lindo, mesmo que triste.

Amar é lindo, mesmo que doa.

Amar é vida, mesmo que um dia morra.




Ai.ai.ai.ai.

Comentários

  1. Nossa, que inspiração!
    Lindo!!!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  2. Tô desconfia que tu anda lendo meus pensamentos...

    ResponderExcluir
  3. Perfeito!
    Lindo,lindo!

    "É preciso coragem, muita coragem é o que é preciso...Amar é vida, mesmo que um dia morra."

    P.S. -> Postarei no meu blog.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Árvores Floridas

Ser.

É a vida!