Érica, eu confesso...


Érica, fiquei pensando sobre teus escritos, rsrrs...
Sobre meus desejos homicidas.
*
Matar alguém?
*
Só se for de AMOR, PRAZER e FELICIDADE!
*
Mato mesmo, e bem devagar, que morte assim tem que ser lenta.
*
Pago o preço, assumo a culpa.
*
Grito bem alto, fui eu quem matei!
*
Eu sou uma criminosa.
*
E quem condena meu crime?
*
Pudera todo mundo morrer assim.
*
Uma morte feliz.
*
É o que desejo.

Beijos de uma criminosa.

Comentários

  1. hahaha, não tenho dúvidas dos teus instintos assassinos e da fila de vítimas que surgirá em tua porta!
    Logo mais postarei algo pra ti em meu blog...
    bjos

    ResponderExcluir
  2. Érica, uma fila de vítimas me torna uma assassina em série, dai também não dá.

    Que para morrer com gosto tem que ser poucas vezes.

    Bjs!

    ResponderExcluir
  3. É verdade, mas pense em uma serial que mata de amor.Bah, não tem como escapar da fila em sua porta!!
    Procurada viva ou morta, com uma foto sua (loiraça!), que mata de amor, prazer e felicidade.
    Que os penalistas não nos ouçam ou o Código Penal, artigo 121, será modificado.
    Vai ter até juiz querendo entrar na fila.hahaha
    Bjos querida
    Bom feriado a até na próxima semana.

    ResponderExcluir
  4. Nossa! Fiquei com medo!!!rsrs
    Acabei de ler uma frase no MSN de uma amiga e acho que se encaixa aqui: Seja o tipo de mulher que ao acordar pela manhã o diabo fala: " Ohh Droga !!!!! Ela acordou".
    hahahahaha
    beijinhos e bom feriadinho "Criminosa".
    \o/

    ResponderExcluir
  5. Báh, até eu fiquei com medo agora!
    Hahhaha

    Beijos gurias!!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

É a vida!

Ser.

Amores mortos