sexta-feira, 2 de abril de 2010


_ Que é que eu faço, é de noite que eu estou viva. Estar viva está me matando aos poucos, e e estou toda alerta no escuro.
Clarice Lispector.
Uma aprendizagem ou o livro dos prazeres

Um comentário:

  1. Bah, Luíza total! Fiquei toda arrepiada! Arrasas sempre, negona! Bjo!

    ResponderExcluir