Buraco negro


O buraco negro é uma estrela escura que consome energia e não produz luz.
Diferente das estrelas iluminadas, buraco negro passa por um processo catastrófico e não consegue atingir o equilíbrio, vira então um anel de rotação e dele nem a luz consegue escapar
O buraco negro, essa estrela que explodiu, suga tudo que dela se aproximar.
E eu tenho uma grande dúvida, suga e onde tudo vai parar?
Mas a maior dúvida que tenho é de que lado do buraco a humanidade está.
O lado que a estrela negra não sugou, guarda a ordem, o concreto, a luz e tudo aquilo que ainda não se fragmentou. Aquilo que ela consumiu é o fragmento, o escuro e o vazio.

Mas hoje já não estou bem certa de que lado do buraco eu vivo. Tenho sido vítima de uma grande confusão, acho mesmo que a humanidade é fragmento flutuando na escuridão.
Somos filhos do buraco, aquele que Alice caiu, no mundo que vivo está tudo ao contrário e até mesmo o sentido fugiu.
Talvez só os loucos percebam toda essa confusão, de que somos restos sugados, pó vagando na escuridão.
De que lado do buraco estamos?
Eu realmente não sei dizer,
e quanto mais suga o buraco, mais difícil fica entender.
E nesses tempos confusos, de muita incompreensão, não perca tempo pensando no escapa a razão.
Para sobreviver ao buraco, seja de que lado for, você vai descobrir que sentido mesmo se encontra no amor. O resto é pó.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

É a vida!

Ser.

Amores mortos