Exagerada, exagerada!




Esquecida e abandonada,
sem teu amor, não há mais nada
Estou morrendo aos pouquinhos
pela falta do teu carinho.
*
Um tiro no pé, melhor seria
do que uma vida sem melodia.
Volta logo se não eu morro.
Vem correndo prestar socorro.
*
1000 beijinhos irão curar
Essa saudade de te amar.
Pois já não sei nem respirar
se não me tocas com teu olhar.
*
Meu coração que só bate
no calor do teu abraço
tem batido devagar
triste, triste a te esperar.
*
Sem você não sei viver
Acho mesmo que vou morrer
Vesga, louca, desesperada.
Exagerada, exagerada...
*
E se você pensar em escapar
penso logo em te sequestrar
Amarro no pé da cama.
E quem condena mulher que ama?
*
Mas não fique preocupado
nem intranquilo ou assustado
Estou desarmada e medicada
É só saudade de mulher apaixonada.

Exagerada, exagerada!





Comentários

  1. Andréa querida é tua autoria?

    Vou surrupiar! =D

    Já te listei no meu blog como "referência"... bjim

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Árvores Floridas

Ser.

Amores mortos