E te amo, e te venero, e te idolatro

Numa perplexidade de criança.

Vinícius de Moraes.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Árvores Floridas

Ser.

Amores mortos