domingo, 7 de fevereiro de 2010


E te amo, e te venero, e te idolatro

Numa perplexidade de criança.

Vinícius de Moraes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário