Porque o amor não se importa.

Quem disse que para amar é preciso conhecer?

Digo que amo precisamente por não saber.

É de silêncio e mistério que o amor é feito.

As explicações serão sempre tentativas, impossível dizer. Só tenho a possibilidade de rabiscar. Imprecisos contornos.

Porque o que importa não está lá onde a razão alcança. O que importa escapa a forma e se esgota na palavra.

O que me apaixona se esconde naquilo que não posso ver. Está em tudo aquilo que não sei de você.
Está em tudo aquilo que não sei, mas posso sentir quando fecho meus olhos e me entrego ao movimento do teu corpo. Na paz que sinto no silêncio do teu abraço.

Comunicação primeira, o sentido no invisível.

É porque o amor não se importa com aquilo que sabemos.

Porque o amor é feitos de sons e silêncio e de tudo aquilo que não sei.

Comentários

  1. Talvez seja melhor amar mesmo sem conhecer,amar e divagar, porque ao se conhecer corre-se o risco de o amor acabar.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Árvores Floridas

Ser.

Amores mortos