Perguntas absurdas.



Eu tenho uma técnica para lidar com gente inconveniente, e que te fazem aquelas perguntas absurdas.
Algumas pessoas não tem a mínima noção. Eu, as vezes, não tenho.
É que sou muito impulsiva e, em alguns momentos, a minha boca dispara na minha frente e tenho que sair correndo atrás dela concertando os estragos. Mas ai me retrato, dou direito de resposta, desaforada, ao outro e banco as consequências. Paciência.
Mas minha técnica é combater inconveniência com loucura.
Por exemplo, como tive meus três filhos muito cedo algumas pessoas me diziam coisas do arco. As velhinhas do prédio da minha avó são mestres neste assunto.
Uma vez, um ao me ver com as três crianças perguntou:
_Lindos teus filhos, são todos do mesmo pai?
Sorri, e respondi:
_ Claro que não. É um de cada pai, sabe. É que gosto de fazer novas combinações genéticas. Pra ver como é que sai a criança.
E sorrindo me fui! Mas "pelamordedeus"!
Acreditem, é um santo remédio. De nada adianta se ofender, ou tentar dizer ao outro o quanto a pergunta foi indiscreta e absurda. Loucura, meu bem, se responde com loucura.

Comentários

  1. É minha cara, a vida está repleta de pessoas "perfeitas", sem problemas, que adoram encontrar pessoas "normais", como nós.
    Tenho cada passagem...rs
    Hoje, sempre respondo com um sim e um sorriso, seja lá qual for a pergunta.
    Pérolas aos porcos!!
    bjos

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Árvores Floridas

Ser.

É a vida!