terça-feira, 4 de agosto de 2009

Uma perda


"Se" tranquilo
Que o que não foi está morto,
E o que morreu não sente.

"Se" feliz
Porque o que partiu tá ido,
E o que ficou, partido.

"Se" vadia
O grito, a boca.
A cabeça louca e o sentimento ausente.

"Se" inteiro
Porque se não for,
Já era!
Beheregaray-2007

Nenhum comentário:

Postar um comentário