Alerta.



E isso é o pior que você pode fazer
É o pior, pode acreditar.
Despertar esse meu lado, o mais escuro, essa face de raiva que você não reconheceria.
Acredite, muitas vezes você chegou bem perto de conhecer.
Depois respiro e penso que você não vale a pena. Não vale muito.Quase nada.
É porque todo dia dou polimento as minhas lanças, brilho ao meu escudo, e tudo fica exatamente ali.
E quando eu mostro, quando abaixo as armas e deixo entrar, surge junto do mais bonito que mostro essa ira profunda e todo meu ressentimento.
E vou mostrando devagar, deixo sempre ao lado minha raiva de prontidão.
Veja, toque, cheire, tudo com muito cuidado. Esse é o meu melhor.
E se meu melhor nada te disser, e se meu melhor não te tocar, recue com cuidado, pois minha raiva avança.
Vai descobrir, quando puder ver, que não preciso de você. E que se você entrou foi por escolha e não por desespero.
E tudo que guardo sob meu escudo e armas são cristais delicados e frágeis.
Mantenho a lança sobre tua cabeça,ande devagar com as mãos para cima e toque com cuidado que isso, quando quebra, fere fundo.

Comentários

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Árvores Floridas

Ser.

É a vida!