Caio Fernando Abreu


"É fácil morrer. A toda hora, em todos os lugares, a morte está se oferecendo. Mais difícil é continuar vivendo. Eu continuo. Não sei se gosto, mas tenho uma curiosidade imensa pelo que vai me acontecer, pelas pessoas que vou conhecer, por tudo que vou dizer e fazer e ainda não sei o que será."


"Eu acredito.Acredito no tempo. O tempo é nosso amigo, nosso aliado, não o inimigo que traz as rugas e a morte. O tempo é que mostra o que realmente valeu a pena, o tempo nos ensina a esperar, o tempo apaga o efêmero e acaba com a dúvida."


"Porque você não pode voltar atrás no que vê. Você pode se recusar a ver, o tempo que quiser: até o fim de sua maldita vida, você pode recusar, sem necessidade de rever seus mitos ou movimentar-se de seu lugarzinho confortável. Mas a partir do momento em que você vê, mesmo involuntariamente, você está perdido: as coisas não voltarão a ser mais as mesmas e você próprio já não será o mesmo."


"Eu preciso muito muito de você eu quero muito muito você aquide vez em quando nem que seja muito de vez em quandovocê nem precisa trazer maçãs nem perguntar se estou melhorvocê não precisa trazer nada só você mesmovocê nem precisa dizer alguma coisa no telefone basta ligar e eu fico ouvindo o seu silênciojuro como não peço mais que o seu silêncio do outro lado da linhaou do outro lado da porta ou do outro lado do muro.Mas eu preciso muito muito de você."

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

É a vida!

Ser.

Árvores Floridas