Pink, Cérebro e Galáxia...

Depois de janeiro...bom, depois de janeiro, decidi que queria só amigas com capacidade de abstrair...

Tenho 3 boas amigas e cada uma sabe um lado meu. Pink, Cérebro e Galáxia, todas psicólogas com privilegiada capacidade de abstração, ação e emoção. São as únicas pessoas que conheço que conseguem transformar uma frase em 3 longas horas de análise. Sim, nos dê uma única frase e entramos a madrugada!




Pink não pode ser mais eu, no que é doce e no que é ácido. Adoro estar com ela. Horas e horas de risadas e lágrimas. Me sinto completamente à vontade na minha presença, quer dizer, na presença dela.
Revelador e libertador estar com alguém e poder ser o que somos...com a Pink é assim. Sempre que nos despedimos, choramos...é difícil, eu sei, queríamos mais vezes nossa cumplicidade.
A Pink sempre ri do meu puritanismo...rsrsrs...sim, cabemos as duas nesta palavra. Temos uma única diferença, a Pink pouco se enxerga. Eu não, já tenho mais consciência da minha força e das minhas potencialidades, ela ainda tem dúvidas sobre as dela. Eu não tenho nenhuma, acho ela muito forte, inteligente, profunda. Pink, não ri de mim!


A Cérebro, portadora de olhos poderosos, é pura melancolia e silêncio. Rica, rica, rica...por que o que nos atormenta também é o que nos enriquece. Com ela é assim, e ela, claro, sofre. Me diz que as pessoas se perturbam com a presença dela. Eu não, apesar dos olhos também serem um tanto críticos, ela não me perturba em nada.
Constante e profunda olha para tudo de forma minuciosa. Quando preciso entender, para além do que está posto, é para ela que corro. E ela é ótima, certeira. Eu me alimento da melancolia dela, e ela se alimenta do quê? Vejamos, quando ela tem que passar para ação e fazer alguma "maldade", me conta sorrindo e diz: "sabia que entenderia".



A Galáxia, ah, a Galáxia...encontro de almas purpurinadas, intensas, inconscientes e corajosas. É isso que somos juntas. Por que eu e a Galáxia somos JUNTAS, sempre. Não existe um eu e um ela.
Galáxia tem uma inteligência brilhante e desordenada, que luta para entrar nos trilhos. É tanta energia que, as vezes, disfarça ser um Ka velho, para não assustar, esconde a BMW que é.
Na nossa última viagem especial, discursei longas horas sobre o poder das reticências...RETICÊNCIAS GALÁXIA, NÃO ESQUECE!
Galáxia vai me levar para Paris, prometeu. Marcamos uma noite e vinho, frio e sonhos. O único perigo é não voltarmos...

Pink, Cérebro e Galáxia são minhas flores, meninas super-fálicas, e abstraem, abstraem sempre!
Cada uma delas sabe um lado meu.

Comentários

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Árvores Floridas

Ser.

Amores mortos